Desde que a EVA mordeu a maçã – por “Louis Joakim”

0

Numa bela tarde de domingo, ressacado porque o fim-de-semana foi pesado, entro no Twitter para ver o que @factosdabanda e companhia haviam aprontado, me deparo com uma chuva de tweets estilo à rife-rafe, estilo a yah mesmo, tipo o mambo ficou quente, estava expectante a ver aquele mambo tipo Tiago Costa vs Kotingo, tá vê né? Bem, era a Mana Eva RapDiva a lamentar uma cena que não percebi bem porque ela me bloqueou só porque disse que a música FINAL FELIZ não é rap (e não é mesmo) mas fui investigar: No dia (coloca o dia do show), decorreu em Moçambique um show de solidariedade para com as vítimas do Ciclone IDAI, dentre os convidados estava a Eva RapDiva – até ai tudo normal, depois de terminado o show, a Eva usa a sua conta do Instagram para deixar um recado para a empresária Isabel dos Santos que passo a citar:

Eva RapDiva agastada com comportamento da Zap Minha TV, canal televisivo de Isabel dos Santos: Leia matéria passada clicando AQUI…

As reações fizeram-se sentir de imediato:

Como não há duas sem três: Eva contra-ataca e responde como viram nas imagens. Dos poucos anos que ando nisto (desde 2011) nunca vi um comportamento tão inadequado e infeliz por parte de uma artista:

Ponto 1: A Eva deveria saber que o objectivo principal do show era de ajudar as vítimas do Ciclone e não promover a imagem de este ou daquele.

Ponto 2: Não é a Isabel que estava na realização, dentro dos estúdios da Zap a mandar cortar a tua parte. (Imagino ela na Europa à espera que a Eva entre e a ligar para Moz: hey, tirem essa da minha televisão mais rápido que o Kelly Silva).

Ponto 3: Surpreende-me o facto de caíres para cima da Isabel quando ela não tem obrigação nenhuma em promover o teu pão, pois a estação de televisão é dela e ela tem o direito de promover quem ela bem entender. Imaginem alguém a reclamar um post no @CenasQueCurto… imaginem só.

Ponto 4: Falarás mal da família e eu te fatigarei na Unitel, Zap e Kisom (Primeiras de Isabel dos Santos Cap. I, versículo 2).

Ponto 5: Não escrevi esse texto porque me bloqueaste no Twitter, escrevi esse texto porque esqueceste as vítimas do Ciclone que foste cantar e ajudar para reclamar a exposição da tua imagem, mas isso mesmo é importante agora?

Ponto 6: Foste no show da Nayo Crazy? Não tinha cobertura da Zap, se calhar irias sentir-te bem sista*.

Ponto 7: Explica bem esse mambo de vocês do BeatBox bloquearem artistas, diferente da Isabel, vocês estão numa estação pública se não estou em erro.

Ponto 8 e Último: Como diz o grande provérbio Angolano: TRABALHA EM SILÊNCIO E DEIXA O SUCESSO FAZER BARULHO, WASSA TXEH!

Memu a Isabel, já dançou aquela tua kizombada Final Feliz, só ela mesmo é que anda se mentir, TRABALHA só e deixa mãe… E o beef com a Vanda Mãegrande acabou mesmo assim, sem um golpe de misericórdia?

Texto Por: Louis Joakim aka Mingo Chulo

[nome do seu blog] [nome do seu blog] [nome do seu blog] [nome do seu blog]

Comentários

Deixe o teu comentário

Share.

About Author

Lukau A. Lusueki, é o fundador e administrador do Portal Rap Kuia.

Leave A Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.