MCK – Elinga [Vídeo Oficial]

0
[nome do seu blog]

[nome do seu blog]

Elinga, é o titulo da música do MCK que ganha novo videoclipe oficial

[nome do seu blog]

Assista AQUI:

[nome do seu blog]

À Elinga por Luzia

Recentemente no Brasil fomos acometidos pela tragédia, notadamente causada por descaso político, do incêndio do Museu Nacional do Rio de Janeiro que provocou repercussão nacional e internacional pela destruição do património material (edifício arquitectónico, acervo histórico e científico) que em menos de 24 horas transformou milénios e séculos de história em apenas pó, lamentos e cinzas.

Em um país que retrocede na democracia em nome dos interesses econônicos de uma elite branca, capitalista e racista como o Brasil, a quem importa saber que aquele museu também guardava a história de Luzia, o fóssil humano mais antigo de uma mulher negra encontrado na América Latina, e que resistiu há mais de 12 mil anos para comprovar que pessoas negras de origem africana estiveram na América para além da colonização e escravização europeia, quando apenas se descobriu e experimentou as mais perversas maneiras para explorar e exterminar um povo, cuja cor da pele é tão escura quanto as cinzas de um museu em pó.

Há poucos meses um incêndio também ameaçou a história dos nossos irmãos (em ancestralidade) angolanos, tal-qualmente atingindo o emblemático Elinga Teatro, edifício colonial português do século XIX – localizado em Luanda – e que há vários anos vem sendo apontado à demolição para que seja substituído pela implantação de um empreendimento arquitetônico de mero interesse comercial e turístico em detrimento ao incentivo à arte e cultura de uma população, obviamente negra. Quem se importa?

Tem que Elinga resistiu. E apesar de ter afectada algumas partes do interior, não houve maiores danos ao património material do teatro, que é para os angolanos um espaço arquitectónico onde ainda é possível preservar um património que, por ser imaterial, não lhes foi retirado: as manifestações de artes plásticas, a danças, os concertos de música, que – não por acaso – fazem-no muito bem.

Á Elinga, peço licença para dedicar em nome da minha ancestral Luzia, essa composição musical do irmão e Rapper Angolano MCK (Elinga), pelo que se o rap é uma ferramenta de transformação social e política – sobretudo para o povo negro que, sabiamente expressa-se como nenhum mais através das rimas – a arquitectura pode também ser o instrumento político de planeamento e transformação de cidades, tanto como museus e teatros que guardam a história de um povo que resiste através da sua própria cultura. Um “Salve” para Elingas, Luandas, Angolas…Luzias,

[nome do seu blog]

Cintia Ataliba, doutoranda em arquitetatura pela Universidade de Coimbra.

[nome do seu blog] [nome do seu blog]

Comentários

Deixe o teu comentário

Share.

About Author

Lukau A. Lusueki, é o fundador e administrador do Portal Rap Kuia.

Leave A Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.