Parada Poética ganha circuito nas bibliotecas municipais de São Paulo em agosto

0
[nome do seu blog]

(Foto – Divulgação)

 

A Parada Poética é um jogo de palavras contínuo, a começar pelo nome, sujeito à interpretações variadas, e pela proposta: ser um sarau poético e itinerante com microfone aberto ao público. Iniciada em 2013, a Parada Poética é idealizada e realizada pelo fotógrafo Marcio Salata e pelo rapper Renan Inquérito, que também está à frente do Inquérito, expressivo grupo na história do rap brasileiro, e reconhecido como grande letrista do género, além de professor e poeta.

 

A Parada mantém a poesia marginal em alta e convida o público a “maltratar a gramática e colocar a culpa na licença poética”, como os produtores gostam de enfatizar. Uma oportunidade para experimentar e explorar versos, a participação do público garante iteração e surpresas, junto a declamações de Renan, autor dos livros “Poucas Palavras” (2011) e “Poesia pra encher a laje” (2016).  

 

Premiada em 2015 pelo Ministério da Cultura na categoria “Circulação e Difusão Literária”, a Parada Poética acontece mensalmente em Nova Odessa, cidade no interior de São Paulo, onde começou. Nesses 5 anos, o projeto já rodou por boa parte do país e também foi apresentado no exterior, em Portugal, Inglaterra, Argentina e Chile.

 

Em Agosto, a Parada chega a São Paulo com 10 edições gratuitas passando por bibliotecas municipais da capital.

 

(Foto – Divulgação)

 

Agenda:


1/8 – Quarta-feira

10h | Biblioteca Brito Broca

Av. Mutinga, 1425 – Vila Pirituba

 

14h | Biblioteca Alvares de Azevedo

Praça Joaquim José da Nova, s/n – Vila Maria

 

2/8 – Quinta-feira

11h | Biblioteca Vicente Paulo Guimarães

R. Jaguar, 225 – Vila Curuçá Velha

 

14h |  Biblioteca Afonso Schmidt

Av. Elísio Teixeira Leite, 1470 – Vila Cruz das Almas

 

3/8 – Sexta-feira  

10h |  Biblioteca Pública Pedro Nava

R. Helena do Sacramento, 1000 – Mandaqui

[nome do seu blog]

 

14h |  Biblioteca Professor Arnaldo Magalhães Giácomo

R. Restinga, 136 – Tatuapé

 

4/8 – Sábado

11h | Biblioteca Gilberto Freyre

R. José Joaquim, 290 – Sapopemba

 

5/8 – Domingo

11h | Biblioteca Paulo Duarte

R. Arsênio Tavolieri, 45 – Jardim Oriental

 

7/8 – Terça-feira

15h |  Biblioteca Paulo Setúbal

Av. Renata, 163 – Vila Formosa

 

19h |  Biblioteca José Paulo Paes

[nome do seu blog]

Largo do Rosário, 20 – Penha de Franca

 

Evento no Facebook: aqui.

 

Sobre:

A Parada Poética quer difundir a literatura por meio da palavra falada, cantada, exposta, declamada, embalada e compartilhada. Com textos autorais e também de escritores consagrados, pretende-se inserir a plateia em uma experiência literária provocativa e libertária. Os contos e poemas da Parada Poética contribuem com a apresentação da literatura marginal contemporânea e dos saraus como instrumento capaz de auxiliar e ressignificar a literatura brasileira, as narrativas do quotidiano, bem como desmistificar o uso exclusivo da escrita apenas por detentores dos conhecimentos formais. Com a cultura Hip-Hop como aliada, bem como a literatura e o teatro como instrumentos de expressão, focamos o olhar sobre temas diversos que vão de saúde, educação e trânsito ao amor, convivência e o mundo moderno.

 

 

[nome do seu blog]

Mais: www.paradapoetica.com.br | www.facebook.com/paradapoeticaNO

 

[nome do seu blog]

Siga Inquérito: Facebook | Instagram | Twitter

 

[nome do seu blog] [nome do seu blog]

Comentários

Deixe o teu comentário

Share.

About Author

Lukau A. Lusueki, é o fundador e administrador do Portal Rap Kuia.

Leave A Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.